Jesus Cristo morreu por você!

Depois, da desobediência de Adão (no jardim do Éden), Deus se distanciou da raça humana. Abandonado à própria sorte o Homem se afastou de vez do seu Criador. O diabo, com todos os seus anjos caídos, implantou de vez o seu reinado entre os seres humanos trazendo toda sorte de mal. A Terra se tornara maldita e a morte passou a fazer parte do ciclo da vida, assim como as doenças e o sofrimento. Antes o Homem tinha tudo ao alcance da mão. A Terra produzia todo o seu sustento sem nenhum esforço de sua parte. Agora do solo brotavam espinhos e ervas-daninhas e para poder se alimentar o Homem precisava trabalhar. Precisava cultivar a terra para tirar dela o seu sustento. Resumindo: depois de viver uma vida dura e sofrida, sujeito à toda desgraça possível e imaginável, o Homem morreria e continuaria para sempre afastado dAquele que o criara. Deus, com todo seu amor e compaixão, não poderia deixar essa situação continuar. Ao invés de castigar cada ser humano individualmente para que por si só se redimisse e tivesse seus pecados perdoados, Deus enviou seu único filho para morrer por mim e por você. Não foi uma escolha fácil, mas Ele a fez mesmo assim. Pouco antes da morte de Jesus Cristo, por causa dos pecados da humanidade inteira, que nesse momento estavam sobre Ele, Deus, o Pai, virou as costas para seu único filho para não ver tanto sofrimento e humilhação (Mateus 27:46). Jesus Cristo venceu a morte! Deus o ressuscitou dentre os mortos três dias depois. Hoje, todo aquele que crer no sacrifício de Jesus, e que Deus o ressuscitou, tem de volta acesso à Deus e terá o direito de viver com Ele para sempre, na Vida Eterna! (Romanos 10:9)
Faça uma escolha hoje. Deus não te força a nada. Você tem e sempre terá o livre arbítrio. Mas eis as duas opções:
  • Todos somos pecadores e distanciados de Deus (Romanos 3:23). Você não precisa fazer nada. Vive a sua vida e não precisa se importar com Deus. Esse papo de religião não é para você pois você tem outras coisas mais importantes para se preocupar. Vive uma vida miserável, cheia de dor e sofrimento, e acha que é assim mesmo, afinal de contas, a vida das pessoas que te cercam não é muito diferente da sua. Mas depois de tudo isso você vai morrer e o seu espírito vai ter que prestar contas diante dAquele que te criou (mesmo se você sempre achou que Ele não existe, isso não muda nada). Como você nunca creu nEle e não aceitou a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, o seu nome não se encontra no Livro da Vida. Por causa do pecado original (Adão) e de todos os outros que você cometeu durante a sua vida, você não tem o direito de habitar no Seu reino, e portanto, será banido da Sua face para sempre e terá de viver no sofrimento eterno.

  • Todos somos pecadores e distanciados de Deus (Romanos 3:23). Você aceita a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador. Crê nas Suas palavras (a Bíblia Sagrada) e crê que Deus o enviou para morrer no seu lugar. Crê que Deus o ressuscitou dos mortos que Ele se encontra à direita de Deus, Todo-Poderoso, intercedendo por todos aqueles que creem nEle. Então Deus perdoa todos os seus pecados. Ele estará ao seu lado nesta vida quando você tiver que enfrentar qualquer problema ou situação. Então você morre e o seu espírito retorna para Deus que o criou. Como toda a humanidade você será julgado. Quando você aceitou a Jesus Cristo, Ele (Jesus) escreveu o seu nome no Livro da Vida. Você obedeceu as Suas Palavras e seguiu os Seus ensinamentos. Deus então te recebe no Seu reino e você terá o prazer de viver para sempre com o Criador e todos os seus santos anjos num lugar onde não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, nem mal algum (Apocalipse 21:4).
Então? O que você vai escolher?




O vídeo eu vi no Púlpito Cristão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente (mas lembre-se):

1 - Comentários de anônimos (sem identificação) e/ou com e-mails inválidos serão apagados. Se comentar como anônimo, assine no final do seu comentário.
2 - Comentários com qualquer tipo de link serão deletados, mesmo que o link seja relacionado ao conteúdo do post.
3 - Nós do "O Mensageiro" ao menos tentamos escrever corretamente. Gostaríamos que os leitores fizessem o mesmo. Comentários escritos em miguxês e em caixa alta não serão aprovados.
4 - Antes de comentar, tenha certeza de que você entendeu o que acabou de ler para que possa fazer um comentário relevante e dentro do contexto.
5 - As opiniões expostas nos comentários não refletem as dos autores do blog.