Marcha gay em Brasília reúne muito menos pessoas que Marcha Pela Família

A 3ª Marcha Nacional contra a Homofobia reuniu aproximadamente 500 manifestantes na Praça dos Três Poderes em Brasília, número abaixo do esperado pelos militantes LGBT.

O número de pessoas que participaram da Marcha Nacional contra a Homofobia foi quinze vezes menor do que o número de participantes da Marcha pela Família, realizada pelo pastor Silas Malafaia em Junho de 2011, em frente ao Congresso Nacional.


Na ocasião, veículos de imprensa noticiaram que entre 25 e 50 mil pessoas participaram da mobilização.

Os organizadores aguardavam 1.500 ativistas gays, de acordo com informações do site Mix Brasil. Entre os presentes, estiveram representantes de partidos políticos e de organizações não governamentais ligadas ao movimento LGBT.

Entre os pedidos dos ativistas gays que organizaram a 3ª Marcha Nacional contra a Homofobia, estão a solicitação de que o governo federal reserve uma verba para ações específicas do Plano de Promoção dos Direitos Humanos e Cidadania LGBT e a elaboração e de políticas públicas voltadas a gays, lésbicas, travestis e transexuais.

PL 122 pode ficar para 2013

De acordo com o site gay Parou Tudo, a tramitação do PL 122 deverá ser retomada apenas em 2013, por falta de datas na Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Segundo Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transexuais (ABGLT), a ideia é levar o projeto à discussão apenas quando houver condições de aprovação: “Vai ser necessário ver as articulações políticas e o momento mais adequado”, afirmou.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente (mas lembre-se):

1 - Comentários de anônimos (sem identificação) e/ou com e-mails inválidos serão apagados. Se comentar como anônimo, assine no final do seu comentário.
2 - Comentários com qualquer tipo de link serão deletados, mesmo que o link seja relacionado ao conteúdo do post.
3 - Nós do "O Mensageiro" ao menos tentamos escrever corretamente. Gostaríamos que os leitores fizessem o mesmo. Comentários escritos em miguxês e em caixa alta não serão aprovados.
4 - Antes de comentar, tenha certeza de que você entendeu o que acabou de ler para que possa fazer um comentário relevante e dentro do contexto.
5 - As opiniões expostas nos comentários não refletem as dos autores do blog.